Select Page

Virada Total – Silvia Triboni

Virada Total – Silvia Triboni

Administradora e advogada, com atuação no Judiciário Federal em São Paulo e Mato Grosso do Sul. Divorciada, mãe de dois filhos. Depois de completar 40 anos, resgatou o sonho de infância de explorar o mundo. O efeito positivo das viagens sobre sua vida emocional a inspiraram a criar o projeto Across Seven Seas, que se propõe a mostrar ao público 50+ os benefícios que as viagens proporcionam ao desenvolvimento da qualidade de vida.

Leia Mais
Viagens como receita de saúde mental, física e social

Viagens como receita de saúde mental, física e social

Veja os benefícios mentais e físicos que as viagens proporcionam a todos, e, em especial, aos viajantes Seniors!

Com a chegada da aposentadoria muitos são contaminados pelo vírus viajante. Alguns nem são muito propensos a sair de casa e se aventurarem por aí, mas pretendo mostrar aqui alguns dos benefícios que a exploração de novos lugares pode proporcionar às mentes e aos físicos do público maduro.

Leia Mais
Vício em smartphones tem acabado com os bons modos na mesa entre os maduros também

Vício em smartphones tem acabado com os bons modos na mesa entre os maduros também

Lendo a Folha de São Paulo de 30 de janeiro de 2018, percebi que os maus hábitos já não são exclusividade de adolescentes ou seja lá o que forem. Sentados a mesa vários “maduros” já se comportam de maneira inadequada em locais públicos como restaurantes e bares.

O jornalista Adam Popescu do New York Times propõe que na próxima vez que estiver com amigos e parentes (principalmente) verifique quanto tempo passa para que alguém da mesa peque um celular para verificar se chegou alguma mensagem ou algo parecido.

Leia Mais
Empreendedorismo vira opção para idoso não ficar parado; firmas são estáveis

Empreendedorismo vira opção para idoso não ficar parado; firmas são estáveis

Apesar dos sinais mais favoráveis à inserção da mão de obra madura no mercado de trabalho, encontrar emprego acima dos 50 anos é um desafio.

“Ouvi muitos nãos. Até chegava às entrevistas, mas me diziam que a vaga demandava gente mais jovem ou menos experiente”, relata Ana Helena Sonoda, hoje na Gol, que tem faculdade de gestão em negócios e é fluente em inglês.

Leia Mais