Fazer escolhas saudáveis ao comer é algo inteligente a fazer, não importa a idade. O corpo muda pelos 60, 70 e 80 anos, e mais. O alimento oferece nutrientes necessários ao envelhecer. A idéia é usar estas dicas para escolher alimentos para melhor saúde em cada estágio da vida.

Beber muitos líquidos

Com a idade, é possível perder um pouco da percepção de sede. Beber água com freqüência é a dica. O leite de baixa gordura ou livre de gordura ou suco 100% natural também ajuda a permanecer hidratado. Limitar as bebidas que têm muitos açúcares acrescentados ou sal.

Fazer da alimentação um evento social

As refeições são mais agradáveis quando com os amigos. Convidar um amigo para este momento ao menos duas vezes por semana. Um centro de idosos pode oferecer refeições que são compartilhadas com outros. Há muitas maneiras de fazer das refeições agradáveis.

Planejar refeições saudáveis

Buscar informações nutricionais confiáveis, ser aconselhado sobre o que comer, como comer e que alimentos escolher com base em orientação dos nutricionistas. E encontrar maneiras sensíveis, flexíveis de escolher e preparar refeições saborosas, para que possa comer alimentos que necessita.

Saber a quantidade de alimento a consumir

Aprender a reconhecer quanto comer para que possa controlar o tamanho da refeição. Ao se alimentar, embalar parte da refeição para comer mais tarde. Um prato de restaurante pode ser suficiente para 2 refeições ou mais.

Variar os vegetais

Incluir variedade de diferentes vegetais coloridos para iluminar o próprio prato. A maioria dos vegetais é fonte pouco calórica de nutrientes. Os vegetais são também uma boa fonte de fibra.

Cuidado com a saúde bucal

Muitas pessoas percebem que os dentes e gengivas mudam ao envelhecer. As pessoas com problemas dentários às vezes encontram dificuldade para mastigar frutas, vegetais ou carnes.

Não pular os nutrientes necessários, e consumir alimentos mais macios pode ajudar. Tentar itens cozidos ou enlatados como fruta sem açúcar, sopas com baixo teor de sódio ou atum enlatado.

Usar ervas e especiarias

Os alimentos podem parecer perder o sabor conforme a pessoa envelhece. Se os pratos favoritos apresentarem gosto diferente, pode não ser a forma de cozinhar o motivo. Talvez o sentido de olfato, de paladar ou ambos mudaram. Os medicamentos também podem mudar o sabor dos alimentos. Acrescentar sabor às refeições com ervas e especiarias.

Consumir alimentos de maneira segura

Não arriscar com a própria saúde. A doença relacionada à alimentação pode ser fatal para uma pessoa idosa. Jogar fora os alimentos que podem não ser seguros ao consumo.

Evitar determinados alimentos que são sempre arriscados para uma pessoa mais velha, como itens lácteos não pausterizados. Outros alimentos podem ser prejudiciais quando estão crus ou mal cozidos, como ovos, brotos, peixe, mariscos, carnes, ou aves.

Ler o rótulo de informações nutricionais

Fazer as escolhas certas ao comprar alimentos. Ter atenção aos nutrientes importantes para saber sobre as calorias, gorduras, sódio, e o restante do rótulo de informações nutricionais. Perguntar ao médico se há ingredientes e nutrientes que possa precisar limitar ou aumentar.

Perguntar ao médico sobre vitaminas ou suplementos

O alimento é a melhor forma de obter nutrientes que precisa. É dever tomar vitaminas ou outras pílulas ou pós com ervas e minerais? Estes são chamados suplementos alimentares. O médico saberá se são necessários. E mais pode não ser o melhor. Alguns podem interferir com os remédios ou afetar as próprias condições médicas.


Also published on Medium.

Comentários

comentário(s)