Select Page

Brain food: Especialista fala sobre alimentos para o cérebro

Brain food: Especialista fala sobre alimentos para o cérebro

Alimentos e exercícios específicos podem manter o cérebro em forma. Cuidados na hora de escolher um produto e uma atividade de lazer fazem a diferença.

Em um momento em que as pessoas querem aprender mais sobre o cérebro humano, suas potencialidades e as maneiras de melhorar a saúde do cérebro. Para garantir qualidade de vida e saúde mental, é preciso seguir alguns passos.

Treinamento cerebral, rotina de exercícios físicos, manutenção das relações sociais, prevenção de fatores de risco cardiovascular, boa noite de sono e alimentação saudável são algumas práticas recomendadas por muitos especialistas tanto da área da saúde, neurociência e educação, a fim de garantir bem-estar.

De acordo com a nutricionista clínica Silvia Calil, especializada em alimentos para o cérebro, existem algumas substâncias encontradas em determinados alimentos que contribuem para o bom funcionamento do cérebro e devem ser incluídos na dieta.

“Algumas substâncias que estão presentes nos alimentos, como Ômega3 e licopeno, favorecem a cognição. E são muito importantes para o aprendizado. Essas substâncias estão presentes nas frutas, verduras, legumes, peixe, ovos, azeite de oliva”, diz a especialista em alimentos para o cérebro em entrevista para a franquia de curso SUPERA.

O licopeno é uma substância carotenoide caracterizada pela cor avermelhada e, portanto, está presente no tomate, na melancia, morango entre outros vegetais sendo que, quanto mais intensa for a cor vermelha, maior a quantidade da substância. O que chama atenção é que é um antioxidante que combate os radicais livres e retarda o envelhecimento.

O tomate é a principal fonte de licopeno. Como esta substância é melhor absorvida na presença de gorduras saudáveis, a adição de uma pequena dose de gordura monoinsaturada (como o azeite de oliva) facilita o transporte, a absorção e a ação do licopeno no organismo.

Outra característica que aumenta a biodisponibilidade do licopeno é preparar o alimento cozido. O licopeno presente na melancia e no mamão é muito biodisponível (aproximadamente 60%), já no tomate cru é em torno de 13%, enquanto que este mesmo, cozido, sobe para 70%.

Qualidade de vida

A franquia de curso SUPERA oferece um curso exclusivo de ginástica para o cérebro que desenvolve a concentração, memória, raciocínio, criatividade e autoestima, melhorando a qualidade de vida de pessoas de todas as idades.

A rede de franquias hoje tem 200 unidades em todo o Brasil, prepara-se para a expansão internacional e não para de crescer.

Um dos motivos para este sucesso é a preocupação cada vez mais constante das pessoas com a saúde do cérebro.

“As pessoas estão recorrendo cada vez mais a cursos profissionalizantes e programas que aumentam seu desempenho justamente para enfrentar os obstáculos deste período de baixa na economia”, comenta Antônio Carlos Perpétuo, presidente fundador da franquia de curso.

Assessoria de Imprensa SUPERA
Letícia Maciel comunicacao@metodosupera.com.br
Isabella Rabelo / isabella.comunicacao@metodosupera.com.br
Bárbara Rocha / barbara.comunicacao@metodosupera.com.br
(12) 3341-9929 / (12) 99723-7230 / (12) 99608-7204
www.franquiaeducacional.com.br

Comentários

comentário(s)

Sobre o Autor

Total Idade

A Total Idade possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos, compartilhados e disponibilizados para todos os interessados em adquirir conhecimento sobre a maturidade. A Total Idade leva ao leitor informações de alto nível, recebidas, compartilhadas e publicadas por colaboradores externos e internos.

Deixe a resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.