Um filme francês usa cena melancólica e cômica para abordar crise dos 50 anos

Pouco conhecido no Brasil, o ator, roteirista e diretor Bruno Podalydès interpreta pela primeira vez, neste que é seu sétimo longa, o papel central. Suas comédias têm uma dimensão autoral, e esta se equilibra no paradoxo de uma viagem quase imóvel como antídoto à crise de um personagem cinquentão.

Leia Mais