Select Page

Você sabe o que é o estresse?

Você sabe o que é o estresse?
Situações positivas ou negativas que desencadeiam reações no organismo.
Historicamente, o estresse é um recurso de sobrevivência e desenvolvimento do ser humano. Cada pessoa tem um limite e consegue suportar uma determinada carga de estresse.
O estresse tem origem no nome inglês “stress”, da física, em analogia às alterações que ocorrem em Determinado material quando submetido a uma força externa.
Existem três fases do estresse: fase de alerta, de resistência e de exaustão.
A fase de alerta é a etapa dos sintomas, onde aparecem as dores musculares, mãos frias e suadas, taquicardia, respiração ofegante, distúrbios de sono, ansiedade, compulsão por comida e outros sintomas.
Na fase de resistência, há uma queda de resistência do organismo e podem surgir doenças oportunistas como gripe, herpes, assim como asma, afta, além de dor de cabeça, problemas de memória, dificuldade de tomar decisões, cansaço, desgastes e desmotivação.
A fase de exaustão é onde ocorrem ou se desenvolvem as doenças mais graves entre elas queda de cabelo, descamação da pele, dermatite seborreica, eczemas, bruxismo, pesadelos, insônia, tonturas, mau hálito, gastrite, úlceras, síndrome de cólon irritável, diarréia, obstipação, flatulência, além de outros sintomas como alteração do ciclo menstrual, TPM, distúrbios hormonais, hipertensão, anginas, arritmia cardíacas, infarto, alteração de libido, hipersensibilidade como crise de choro, raiva, revolta, sensação de incapacidade, desânimo, tédio, exaustão, fracasso, rejeição, queda de autoestima e depressão.
ESTRESSE: DOENÇA OU UM FATO DA VIDA
 
O estresse faz parte da vida, ele pode ser o combustível que nos move e que nos dá possibilidades de mudanças e conquistas.
Mas, em um mundo de muitas solicitações, estímulos, desejos e possibilidades, se não estamos em Equilíbrio, com objetivos claros e definidos, se não somos capazes de direcionar toda a energia acumulada pelas tensões em Ações orientadas ao nosso objetivo, essa energia será direcionada em outras vertentes causando diversos males.Hoje a vida traz oportunidades e também mudanças constantes, na maioria das vezes muito rápidas, necessitando que utilizemos nossa capacidade de adaptação para não adoecermos. O estilo de vida que adotamos pode auxiliar na manutenção da saúde ou da doença.
Devido a isto, o estresse pode ser considerado hoje como a doença do século, tal é a sua influência no cotidiano, na vida pessoal e profissional de grande parte da população. O estresse é um estado de tensão mental e física que produz um desequilíbrio no funcionamento global do indivíduo e enfraquece seu sistema imunológico, deixando-o sujeito a infecções e doenças.
Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) 90% da população mundial sofrem com o estresse. No Brasil, 70% das pessoas apresentam estresse, onde 30% têm níveis elevados.
estresse pode ser o gatilho para inúmeras doenças físicas, emocionais e psicológicas, que vão desde insônia e depressão, passando por problemas relacionados a unhas e cabelos, dores musculares, até quadros mais severos como ataque cardíaco e AVC. Outras doenças como asma e alergias na pele podem ser desencadeadas por estresse. É comprovado que pessoas estressadas são mais propensas a desenvolver alergias. Liberados pelo organismo em maior escala durante situações mais estressantes, os hormônios como o cortisol e a adrenalina, podem causar reações na pele e nas vias respiratórias.
O hormônio cortisol é produzido naturalmente pelo organismo, que em níveis normais não são maléficos, mas no caso do quadro de estresse a concentração é muito elevada. A acupuntura atua para regularizar a produção do cortisol. Também, nas sessões de acupuntura hormônios como a endorfina e a serotonina são produzidos durante a administração da técnica terapêutica, causando sensação de relaxamento e bem-estar.
No combate ao estresse a acupuntura tem se mostrado como uma terapia eficiente capaz de minimizar ou até sanar os diversos problemas causados por esta condição.
A essência da Filosofia Oriental está no restabelecimento e manutenção da saúde. As causas das doenças estão no desequilíbrio da energia, que ocorre por fatores internos e externos como má alimentação, sono irregular e sem qualidade, sedentarismo e emoções retidas, por exemplo. A acupuntura irá tratar de modo integral o ser humano para que ele possa alcançar o equilíbrio e preservar sua saúde física e mental.
À medida que restabelecemos o Equilíbrio somos mais capazes de compreender a percepção dos fatos e situações. Tendo mais tranquilidade podemos ter mais possibilidades de direcionamento de nossas ações de modo mais efetivo e utilizarmos o estresse de um modo positivo: estresse, para alcançarmos objetivos, fazermos transformações e alcançarmos o crescimento pessoal.

Comentários

comentário(s)

Sobre o Autor

Lilian Takeda

Dra. Lilian Fumie Takeda é sócia-diretora da Ikiru Medicina Oriental. Médica formada pela Faculdade de Medicina de Santos, realizou residência médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital Leonor Mendes de Barros e possui Especialização em Ginecologia, Obstetrícia e Medicina Oriental (Acupuntura). Atua há mais de 25 anos com Ginecologia e Obstetrícia e há 15 anos com Medicina Oriental. Em constante aperfeiçoamento pessoal e profissional, realizou inúmeros cursos nas áreas de Psicologia, Budismo, Práticas Meditativas, Filosofia Tradicional Chinesa, entre outros. Atualmente dedica-se ao curso de Especialização em Ontopsicologia pela Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia). Já realizou inúmeras palestras em empresas e publicou artigos técnicos em revistas especializadas.

Deixe a resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.